segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Instável part 1

      Mais uma vez, ela tem a doce ilusão de que algum dia ela encontraria algo ou alguém que a preferisse sem que houvesse a interferência de outros.
      Sentada no sofá, pensando e refletindo sobre o que faria, teve a seguinte ideia. Deixar de pensar no passado e viver seu presente. Mergulhada em pensamentos, mal percebe quem estava ao seu lado. Sim ele, o garoto que a fizera pensar deste modo.
  _  O que esta pensando? - diz o garoto interessado.
  _  Em quão as pessoas deixam de perceber detalhes muito importantes - ao perceber sua cara pensativa e interrogativa diz - O quão fútil uma pessoa pode ser, ao ponto de querer algo em um momento e segundos depois trocar de ideia.
  _  Eu realmente não te entendo! - diz o garoto confuso.
  _  Exatamente! eu sou uma dessas pessoas - ela ola pra baixo com um olhar triste - Porém estou tentando compreender o que me faz assim! - olha nos olhos dele e diz - você não me compreende , e por isso quer saber me explicar!
  _  Não precisa! - ele pega sua mão - Não precisa, gosto do seu jeito misterioso de ser!
  _  Não, eu não gosto disso - ela solta sua mão e começa a andar freneticamente de um lado para o outro.
  _  Porque eu? - ela para e fica de frente pra ele.
  _  Porque você? Boa pergunta! Me responde você, porque apareceu na minha vida? - Ela pega seu rosto e o olha com uma expressão perdida.  
     Ele fica mudo sem ter o que falar, e pensa que talvez tivesse feito a escolha errada. Não sabia o qe fazer com ela, não sabia se ela era a mesma desde quando se conheceram, ela era sempre instável.
  _  Desculpa - ela para por um momento de olha-lo e diz - Você sabe que nós dois somos muito diferentes, eu estou em constante mudança de humor e pensamento, você deveria ter se acostumado.
  _ Deveria mesmo - ele olha pra baixo por um instante e volta a encara-la.
  _ Talvez você esteja cansado não é? Não aguenta mais essa minha instabilidade ! - Ela pensava que só por uns dias ela era a coisa mais importante pra ele, mais isso era apenas um pesadelo que acabara de terminar - Chega não quero mais!
  _ O que você quer de mim? Desculpa mais não sei mais o que fazer com você, eu gosto de você mais você consegue me tirar do serio - Ele vai em direção a porta - Cansei, Cansei de você achar que todos os problemas da sua vida é culpa minha, mais Não, eles não são! E sabe o que mais ? Eu não sei onde você vai achar outra pessoa pra me substituir! - Ele sai e bate a porta diante de seus olhos.
     Encolhida em seu canto ela sussurrava pra si mesmo " Eu sabia, sabia que me trocaria!, você ama ela não é? Eu sei, eu é que não me acostumei com isso!"

Um comentário:

  1. Muito legal! =) Será que você poderia dar uma olhadinha no meu Blog? www.dimensaodiferente.blogspot.com

    ResponderExcluir